Calendário Mensal: Maio 2017

Neste ano pastoral 2016-2017, deveremos insistir no esforço de conduzir o Povo de Deus às fontes da alegria, à frescura da Palavra e à seiva dos Sacramentos, onde a vida cristã se alimenta e se renova em missão. “Com Maria, renovai-vos nas fontes da alegria” será o lema do próximo ano pastoral. E isso mesmo vai desafiar-nos, à imagem destes dias, a “recuperar a frescura original do evangelho” (EG,11), a percorrer “a via da beleza” (cf. EG, 167), na redescoberta da Liturgia, que deve pôr em comunhão o céu e a terra, envolver a pessoa, na sua inteireza, no seu corpo espiritual e no seu espírito encarnado, na luz da sua razão e no calor da sua emoção, na comunicação dos sentidos e na expressão dos afectos.

Na verdade, não esqueçamos este objectivo cimeiro de valorizar a dimensão festiva e bela da fé (PDP, p.34), pois “a Igreja evangeliza e evangeliza-se com a beleza da liturgia, que é também celebração da actividade evangelizadora e fonte de um renovado impulso para se dar” (EG,24).

O centenário das aparições: Fonte de inspiração e de renovação pastoral

A Mensagem de Fátima contém elementos muito inspiradores e desafiadores, no âmbito do regresso às fontes da alegria, como a prática assídua da oração e adoração, e o regresso à fonte dos sacramentos, nomeadamente os da Reconciliação e da Eucaristia. Deveremos potenciá-los e valorizá-los oportunamente.

Recuperar a frescura do anúncio do Evangelho: comunidades renovadas na Palavra.

Celebrar a alegria pelas maravilhas do Senhor: comunidades renovadas na Liturgia.

Irradiar a misericórdia com alegria: comunidades renovadas na misericórdia.

Renovar as comunidades na fonte da Comunhão: comunidades renovadas nas fontes da corresponsabilidade e da vocação.

Que Nossa Senhora, Mãe de Deus, a Senhora mais brilhante do que o sol, que há 100 anos nos trouxe, em Fátima, uma mensagem de ternura, de graça, de misericórdia e de paz, nos ilumine e nos guie para que “com Maria, a Igreja do Porto se renove nas fontes da Alegria!”

Das palavras de apresentação do Plano Pastoral Diocesano para 2016/2017.